Eu quero

Postado em Atualizado em

Já vou pro Brasil logo logo (logo!), aí comecei a bateção de perna por aqui para comprar os últimos presentes, presentinhos, presentões, encomendas insignificantes, pequenas, médias, grandes e indelicadas. Nisso, a câmera laranja fofa da Clara (exemplo de encomenda indelicada…MENTIRA, brincadeira) vai passeando comigo e vou aproveitando para “testá-la” (han han). Claro ué, se der problema eu tenho que trocar aqui. Felizmente já estou testando há uns 20 dias e ela está boa até demais! Clara, vou acabar esquecendo ela em Berlim…brincadeira de novo. Bom, o ponto é que tenho feito as fotos do blog com a câmera dela e estas aí embaixo também são. Passeando na loja TK Max a gente vê mil coisas de cozinha bacanas e travessas e panelas da Le Creuset com preço ótimo também. Mas desta vez o que gostei mais foram as travessas da Polka Dot…cheias de polka dots, claro. (pra quem não sabe, polka dot = bolinhas).

Amei todas essas travessas de polka dots! A média era uns €15,-
Pote de sal Le Creuset: não lembro o preço, acho que era uns €10,-
Tendo últimos dias cheios por aqui. Ontem por exemplo acordei às 6 da matina, aluguei uma van, busquei o sofá-cama que a Jane deu, chegando em casa o elevador estava estragado…subi 3 andares com o sofá na escada… *claro que não conseguiria fazer tudo sozinha, estou emitindo a segunda pessoa. 
De tarde fui comprar partitura pro Arnon, creme pra minha prima Rosana, cartão de aniversário pra outra e de noite fui ver A Flauta Mágica (Die Zauberflöte) na Deutsche Oper com Stephen Bronk, meu mestre, como Sarastro. Três horas de ópera, muitas excursões de crianças no teatro, muitos alemães e alemãs com sovaco fedendo (nu! a minha vizinha de cadeira tava de matar e ainda com um vestido sem manga). A cantora que fez a Pamina era muito boa, excelente interpretação. Ela realmente sabia o que estava cantando e passou muito bem toda a chatice e dramaticidade do papel. Fiquei arrepiada. A Rainha da Noite, claro, sempre impressiona demais todo mundo com todas aquelas coloraturas. Era uma voz bonita, pesada como exige o papel e lotada de agudos. Mas o figurino estava péssimo! Desvalorizou demais a cantora, diria até que a deformou.
Já cantei esta ópera como segunda Dama da Rainha da Noite, numa montagem da UFMG, também num concerto na Sala Juvenal Dias do Palácio das Artes como Papagena e já passei legenda quando não estava cantando.
Pra não dizer que não falei de comida, tomei uma sopinha de tomate com beringela no restaurante do teatro que estava super divina, vou olhar uma receita depois. E finalmente, depois do dia cheio, fui correndo pra casa. 
Voltando ao sofá, se alguém souber onde se re-estofa o colchão do sofá cama (é tipo um colchão de cama normal mas que dobra) aqui em Berlim e com preço bom, por favor me diga.
Anúncios

Um comentário em “Eu quero

    Clara Maria disse:
    31 de janeiro de 2011 às 5:00 pm

    Maldade vc querendo roubar minha maquina e me chamando de folgada!!! =( rsrsrsNossa, Flauta mágica com o Stephen cantando deve ser show!!!Boa Viagem!!!

Os comentários estão encerrados.