Casa da Saúde (atchim)

Postado em Atualizado em

Ontem fui ao Haus der Gesundheit pra fazer meu Gesundheitspass (ou Rote Karte) pra poder assar e vender meus pães de queijo tranquilamente. O povo aqui adora um papel. Peguei uma senha, esperei um pouco, paguei vintão, assisti a um vídeo basiquérrimo sobre higiene, assinei um papel escrito que eu disse verbalmente e confirmei com a assinatura que eu entendi o vídeo todo e não vou arruinar a comida de ninguém com mãos sujas ou espirros e similares. 
Na hora que mostrou no vídeo a cozinheira indo ao banheiro e saindo sem lavar as mãos e depois pegando nos alimentos metade da sala começou a rir e outros fizeram sons tipo “que nojo” e/ou “que absurdo”. Eu virei pra minha vizinha que estava rindo e com nojo ao mesmo tempo e falei “Infelizmente acontece demais…né?!!” Ela concordou e parou de rir.
Esse povo tava sendo sarcástico ou o que? Porque não é possível que ninguém saiba que muitos, diria a maioria dos restaurantes aqui não tem os cuidados de higiene que pedem no vídeo. A partir do ano que vem ao autoridades de Berlim vão começar a pregar uma plaquinha com cores nos restaurantes com o nível de higiene do local. O modelo já está sendo testado com “smiles” no bairro Pankow (acho) e tem dado bons resultados, pois os que tinham “smile triste” perderam clientes e tiveram que se limpar adaptar.
Anúncios

4 comentários em “Casa da Saúde (atchim)

    Eve disse:
    17 de junho de 2011 às 4:15 pm

    Foi uma das coisas que mais me chamou atençao qdo cheguei aqui. por ex, no Brasil, vc ver qualquer atendente de lanchonete (decente) com chapéu e, pelo menos, uma mao com luvas pra pegar os alimentos. Qtos a gente encontra por aqui? Nenhum. Boa sorte com as suas vendas. Minha encomenda tá anotada, né? Acho que faço pra festa de "inauguraçao" do apto que ainda nem teve. rrsQdo marcar te aviso, além de te convidar, né? hehheheheBjs!

    Isabela Santos disse:
    17 de junho de 2011 às 4:23 pm

    tá anotada sim, mas não tá feita. Não vai me falar em cima da hora né! bjs

    Nilson Soares disse:
    17 de junho de 2011 às 10:03 pm

    Isabela,Meu primeiro emprego quando eu tinha meus 16 anos foi num restaurante famoso em Copacabana – RJ.Uma coisa que aprendi lá eu nunca esqueci é que ou você recusa definitivamente o prato ou come do jeito que está e JAMAIS devolva-o a cozinha dando orientações ao chef …abs,Nilson Soares

    Isabela Santos disse:
    18 de junho de 2011 às 8:18 am

    Nilson, essa dica sua é valiosa!!

Os comentários estão encerrados.