Carteira de Motorista – Parte 2

Postado em Atualizado em

Em março comecei a olhar o que fazer para converter minha carteira de motorista brasileira para uma alemã. Vale lembrar que se você é brasileiro e está apenas passeando por aqui, você obviamente não vai fazer essa conversão. Você pode andar aqui com sua carteira brasileira normal, melhor se você tiver junto uma tradução simples dela, apenas para o caso de um policial te parar. Mas conheço gente que nem tradução tinha, foi parado 3 vezes pela polícia e não teve problema nenhum (a pessoa falava alemão, só pra constar). Entretanto, você só pode dirigir por 6 meses aqui com a habilitação do Brasil. Caso você esteja morando na Alemanha por mais que este tempo, precisa converter.
Precisei da tradução juramentada da carteira. Fui ao escritório KERN (indicação da Jane), em Panoramastraße 1, na Alexanderplatz. Eles me entregaram a tradução juramentada para o alemão da minha carteira de motorista brasileira em menos de três dias úteis. O preço é alto, €45, mas o que há de se fazer? É taxa em cima de taxa, imposto e o que sobra são apenas uns números traduzidos pro alemão (cof cof) e a descrição da carteira. Mas a senhora era muito simpática e o escritório parece bem sério e profissional.
Depois acabei lendo em algum blog que eu poderia ter feito a tradução pelo órgão ADAC na Alemanha por apenas €15. O João também comentou no meu blog e deu até o link com informações: http://www1.adac.de/ADAC_vor_Ort/Berlin_Brandenburg/Mitgliederberatung_service/fuehrerschein_uebersetzung/default.asp?ComponentID=103116&SourcePageID=100531 . Então, quem mora na Alemanha e vai fazer o “umschreibung” da carteira, vá na ADAC, mas saiba que eles demoram também bem mais tempo que algum escritório tipo KERN.
Bom, tendo a lista toda em mãos dos documentos necessários para fazer a transcrição da sua habilitação brasileira (veja lista neste post), fui ao Bezirksamt do meu bairro. Cerca de 10 semanas depois (demorou pacas), recebi uma carta dizendo que eu já estava autorizada a fazer a prova teórica. Aí fiquei estudando pela internet em sites grátis mas mês passado fui a uma Fahr Schule perto da minha casa e comprei um método de praticar na internet chamado fahrschulcard.de Custou 40€ e acho que valeu a pena. Depois de julho parece que o sistema e as perguntas da prova teórica foram modificados e melhorados. Antes eu tinha tido mais erros no simulado em português do que em alemão e agora o português do novo sistema tá bem melhor e estou mais confiante. Só tenho que acostumar que é de Portugal e melhoro um pouquinho a cada novo simulado online que faço. 
É engraçado, já dirijo há 10 anos (abafa a idade), mas tem muitas regras que aqui são completamente diferentes, e as placas então? Entendo perfeitamente que eles queiram que eu faça essa prova, pois no Brasil também não tem neve e eu preciso estudar como me comportar ao volante com neve, por exemplo.
O próximo passo, depois que eu já me sentir confiante o suficiente pra fazer a prova teórica, é simplesmente ir ao local que já tinha pré escolhido para fazer a prova teórica munida de identidade, a carteira brasileira e 21€ (+85€ se eu quiser deixar já paga a prova prática). Lembrando: para converter a carteira você não precisa fazer as aulas de teoria nem práticas. Só as provas, o que diminui bastante o custo (mesmo assim pode bem separar uns 450 euros aí minha gente…), porque é recomendável fazer algumas aulas práticas antes da prova de rua também.
Anúncios

5 comentários em “Carteira de Motorista – Parte 2

    Eve disse:
    5 de setembro de 2011 às 4:43 pm

    Ano que vem sou eu. Que tenho que fazer antes dos três anos acabarem, pois aí sou obrigada a fazer as aulas. Assim, nao dá, né?Boa sorte.Bjs!

    dolcinha disse:
    5 de setembro de 2011 às 8:50 pm

    lindeza de post, bonitona!mas por hora, vou juntar os oirros pra iniciar-nao-sei-quando o Integrationskurs e depois RA! Führerschein lah vou eu!Beijukkkka :DJux

    Rebecca disse:
    6 de setembro de 2011 às 5:25 am

    Dolcinha: Voce não conseguiu o Integrationskurs de graça? Isabela: ai ai ai… em breve terei que começar esse processo também… saco!

    Bibi disse:
    15 de janeiro de 2012 às 2:50 pm

    Que informação bacana, mas não consegui acessar seu link de documentos, pq precisa ser convidado! Vc acha que vale a pena eu levar o doc traduzido daqui? Acho que sim, não é?

    kreuzbooks respondido:
    15 de janeiro de 2012 às 7:30 pm

    Oi bibi, tem um outro link tb neste blog, eh porque este eh um blog que importei do meu outro que agora eh fechado, mas acabei de corrigir o link, veja: https://damusicaedaalemanha.wordpress.com/2011/03/10/carteira-de-motorista-parte-1/
    Abs Isabela

Os comentários estão encerrados.